Inicial Feira do Livro A voz da Feira do Livro

13 -November -2018 - 14:03
A voz da Feira do Livro PDF Imprimir E-mail
Escrito por Marcelo Farina (2º semestre)   
Qua, 16 de Novembro de 2011 13:22

A Feira do Livro também tem voz. E ela se chama Cléa Motti, jornalista que é locutora na 57ª Feira do Livro. Clea trabalha há onze anos na praça e divulga a programação diária fazendo chamadas a todo instante. Sua função é orientar os visitantes para os diversos eventos que ocorrem na área geral adulta. A voz de Cléa ecoa pela Praça da Alfândega das 12h30 às 21h.


Em meio a uma chamada e outra, a jornalista conta que durante o ano trabalha como revisora de textos, mas já atuou como radialista em Santa Maria, sua cidade natal. Ela explica que apesar da dificuldade no início já se sente bem adaptada ao microfone da Praça da Alfândega. “Meu susto foi no início porque a locução se faz ao vivo e por isso a atenção deve ser redobrada. Mas depois de onze anos já se torna natural”.

Cléa recebe a programação no início do expediente e a partir disso começa as chamadas. “Não sei como que outras vozes do poste faziam, mas acho que a programação deve ser divulgada passo a passo para não confundir a cabeça do público. Se eu falar muito antes a pessoa pode não entender direito e se dirigir a um lugar errado por achar que determinado evento ocorre naquele horário”, afirmou.
Clea trabalha há onze anos na praça e divulga a programação diária
A jornalista ressalta que sempre procura conhecer a programação antes de se apossar do microfone. “É como se eu fosse uma agenda sonora. Procuro dar uma olhada em tudo para que não tenha nenhuma surpresa. Às vezes pode ocorrer o cancelamento de alguma palestra ou sessão de autógrafos, mas eu sempre sou avisada”, disse.

Clea trabalha sozinha com um computador na sala da assessoria de imprensa e recebe todas as informações via e-mail. “Eu pesquiso sobre os participantes. Procuro me atualizar de tudo e tirar dúvidas sobre o que está acontecendo para não cometer nenhum erro”, explicou.

A expressão “voz do poste” é tradicional na feira e se refere ao som dos locutores serem transmitidos por caixas de som instaladas nos postes da Praça da Alfândega.

Última atualização em Seg, 22 de Setembro de 2014 19:24