Inicial Feira do Livro Legalidade atrai leitores na Feira

22 -September -2018 - 11:43
Legalidade atrai leitores na Feira PDF Imprimir E-mail
Escrito por Camile Fornasier (1º semestre)   
Ter, 08 de Novembro de 2011 16:44

O Rio Grande do Sul comemora, em 2011, os 50 anos do movimento da Legalidade. Este levante popular foi comandado pelo então governador Leonel Brizola após a renúncia do presidente Jânio Quadros, para que a lei fosse respeitada e seu vice João Goulart assumisse. O assunto atrai o interesse dos leitores da 57˚ Feira do Livro.




O livreiro Marquiam Silveira, da Livraria do Maneco, ressaltou que esse é um tema em destaque agora. “A maioria das pessoas que procuram algum livro sobre a legalidade são pessoas que viveram naquela época”, acrescentou Silveira. Ele recomendou a leitura do livro “Vozes da Legalidade”, de Juremir Machado da Silva.

Movimento da Legalidade atrai o interesse dos leitores na Feira
Já Mário Bissani, da Livraria Nova Roma, salientou que as vendas dos livros  sobre este tema estão boas e, inclusive, há um livro esgotado – “Nós e a Legalidade”. O livreiro comentou que o público que costuma comprar esse tipo de livro varia entre advogados, médicos e pessoas de mais idade. Bissani acredita que as pessoas não se cansaram desse assunto, pois é impossível ter um livro igual ao outro, por causa das diferentes visões de mundo.

Para o livreiro Ivo Almansa, da Martins Livreiro, as pessoas que mais buscam livros sobre a Legalidade são os historiadores e que, geralmente, procuram a biografia de  Leonel Brizola. Almansa recomendou o livro "Guerra é Guerra, dizia o torturador", de Índio Vargas.


Última atualização em Seg, 22 de Setembro de 2014 18:57