Inicial Notícias Hilary Duff na Bienal do Livro

11 -December -2018 - 20:08
Hilary Duff na Bienal do Livro PDF Imprimir E-mail
Escrito por Danilo Pedrazza (1º semestre)   
Sex, 09 de Setembro de 2011 17:47

A atriz, cantora e também escritora Hilary Duff, atraiu milhares de fãs a XV Bienal do Livro, no Rio de Janeiro, que vai até o próximo domingo, dia 11. O portal de Jornalismo da ESPM-Sul acompanhou a movimentação durante um dia. Atriz marcou presença na Bienal. O sucesso foi tanto que foi preciso ser realizado um debate extra, acompanhada de uma sessão de autógrafos.



A Bienal é realizada no Rio Centro, o maior centro de convenções da América Latina. Apesar disso, contou com problemas de organização na fila.  Os portões foram abertos por volta das 8h30 sem nenhum aviso.  Uma multidão estava disposta a tudo para conseguir um autógrafo de Hilary Duff.  Foram distribuídas apenas 300 senhas para ver a atriz. Rapidamente uma longa fila se formou no estande da editora Id, que publica o livro da cantora no Brasil.

A estudante Rafaela Limão Palharini, 16 anos, mora em São Paulo e foi na Bienal só por causa da escritora, porém acabou não conseguindo senha para a sessão de autógrafos da escritora. “Fui no sábado para conhecer o evento em si e as novidades das editoras e no domingo para ver a Hilary Duff, mas já tinha ido à outra edição em São Paulo”, admitiu.

Rafaela também diz que no quesito organização a versão paulista foi superior.  Porém, admite que o Rio de Janeiro contou com as melhores atrações.  “No Rio de Janeiro as atrações foram melhores e mais divulgadas. Porém, o que mais me interessa na Bienal são a quantidade de livros diferentes e os descontos. Sem contar que é um passeio bem fora do comum, é divertido, mas esse ano o fato da Hilary vir ao Brasil foi o que mais me interessou”. Rafaela ainda diz que voltaria a ir ao evento, porém apenas na edição de São Paulo, aonde é mais acessível para ela.


Rodolfo Santos com a atriz e escritora Hilary Duff

Já o estudante Rodolfo Santos, 19 anos, também foi apenas para ver Hilary Duff.  “Precisava ir de qualquer jeito pra poder realizar um sonho”.  Santos também aproveitou a oportunidade para criticar os preços praticados na Bienal. “Livros eu não comprei nenhum, não vi nenhuma vantagem para comprar por lá já que estavam no mesmo preço das lojas e alguns até mais caros. Não tive a oportunidade de assistir nenhuma palestra além do debate com a Hilary e já os estandes, estavam impecáveis”, explicou.

Mesmo assim, o estudante reconhece a importância do evento.  “Algo que eu vi de inusitado foi essa multidão em um espaço aonde só tinha livros. É raro ver isso hoje em dia”. Para Rodolfo Santos, a desorganização prejudica a Bienal. “Não voltaria ao evento. Não fiquei com nenhuma vontade de 'quero mais'. Fui apenas para ter a chance de ver a Hilary Duff, porém a desorganização do evento em relação a isso foi total. não deram à mínima”, criticou.

Hilary Duff, que se casou ano passado, recentemente anunciou que está grávida de quatro meses. A cantora não vinha ao país fazia três anos, a última vez foi em Janeiro de 2008, aonde fez três shows no Brasil. Seu livro Elixir, fala sobre uma fotojornalista que procura seu pai desaparecido, e acaba descobrindo um mistério envolvendo um homem que aparece em todas suas fotos, como uma sombra. Hilary Duff escolheu o Brasil, especificadamente o Rio de Janeiro para fazer uma passagem no seu livro. Na trama de Elixir a heroína vem para o Brasil à procura de seu pai, pois foi o último lugar em que foi visto. Questionada porque escolheu o Rio de Janeiro, a atriz contou que escolheu as cidades que mais gostou em suas turnês.

Multidão acompanhou sessão de autógrafos da cantora

Última atualização em Seg, 24 de Novembro de 2014 17:10